Os Mestres Cantores de Nuremberg


Aviso: O tempo de download dos libretos em PDF ou ePUB variam, podendo demorar até alguns minutos dependendo da conecção, principalmente em tablets.

Uma breve análise do libreto já permite situar os personagens no seu contexto histórico e musical. A ação se desenrola na velha Nuremberg de Hans Sachs e de Dürer, no século XI. Ela coloca em cena Walther de Stolzing, jovem cavaleiro-poeta, versus a douta corporação dos Mestres Cantores, que numa concepção muito dogmática da arte, se opõe a toda e qualquer tentativa de renovação. O libreto não explora o tema de um mito ou de uma lenda, mas evoca a vida de uma cidade alemã, na metade do século XVI, e a ação se cristaliza em torno dos Mestres Cantores, guardiães da tradição poética, a mais estrita e rígida. Nos séculos XII e XIII, a música, na Alemanha, era cultivada pelos ‘Minnesinger’, homens geralmene de origem nobre, que vagavam de corte em corte, tocando as suas próprias canções. Do século XIV em diante, essa arte passou a ser cultivada mais pelos burgueses. Com o tempo, surgiu uma corporação de Mestres Cantores, com sede na antiga cidade de Nuremberg. A finalidade da organização era estimular o amor à música, enobrecendo os espíritos e enaltecendo o povo através da arte sublime de Euterpe. Com o decorrer do tempo, a corporação, usando de pedantismo, criou regras no ‘Tabular” que rejeitavam tudo o que era moderno ou de novas intenções estéticas. Na história inserida na ópera, Wagner conservou os principais dados históricos.

One Response to Os Mestres Cantores de Nuremberg

  1. Lucas disse:

    Muito boa a iniciativa! eternamente agradecido, amo Wagner!

Comentários

Os Mestres Cantores de Nuremberg